fbpx
Atendimento

Formação de preço de venda de produtos

Formação de preço de venda

Grande parte dos empresários de hoje fazem a formação do preço de venda dos produtos que vendem com base em valores de mercado ou até mesmo em uma margem bruta de marcação, sem observar os custos específicos das operações das suas empresas.

Nós aqui na Global Sistemas sempre dizemos que “nem sempre o preço de venda do seu concorrente é o ideal para a sua empresa” e, partindo dessa premissa, vamos tentar mostrar como chegar o mais próximo do preço de venda ideal para os seus produtos.

Como fazer a formação de preço de venda

Considerando que cada empresa tem custos de operações diferentes, devemos realizar o cálculo de custo gerencial dos produtos da seguinte forma:

CG = PC + %GF + %CV %I + %L

Onde:

CG = custo gerencial do produto

PC = preço de compra do produto c/ impostos

GF = custo da operação da sua empresa

CV = comissão do vendedor

I = impostos a pagar na saída

L = lucro líquido pretendido

Vamos apurar os valores:

CG – O custo gerencial é basicamente o preço de custo acrescido do custo de operação da empresa, valor no qual sua empresa empata, ou seja sua empresa não está perdendo mas também não está ganhando nada.

PC – Esse é o preço de compra do produto já com todos os impostos pagos na aquisição (ICMS ST, Difal, IPI), frete pago, seguro, outros gastos;

GF – Considera-se como gasto fixo todos os valores (faturas, taxas, mensalidades e salários fixos (aqui não se aplicam as comissões e também não é somado os pagamentos à fornecedores para aquisição de produtos, que entram em PC) que devem ser pagos dentro de um mês e não alteram o valor, ainda que sua empresa não venda nada ou venda bastante.

Um conselho que podemos dar é colocar aqui também o seu pró-labore ou retirada mensal.

Como apurar esse % GF:

GF = soma dos custos período / total faturado período * 100

Onde:

R$ 2.000,00 – salários e taxas

R$ 300,00 – telefone

R$ 500,00 – aluguel

R$ 1000,00 – retirada e pró-labore

R$ 25.000,00 – vendas

Então:

GF = ((2.000,00 + 300,00 + 500,00 + 1000,00) / 25.000,00) * 100

GF = 15,20%

* O ideal aqui é realizar esse cálculo com base em uma média de mínimo 3 meses.

I – Aqui apuramos todos os impostos que incidirão sobre a venda. Por exemplo: Se sua empresa é optante pelo Simples Nacional, aplicamos aqui o valor da alíquota total do simples que sua empresa está enquadrada. Essa informação você pode, e deve, ver com seu contador todos os meses, já que ela muda com base no faturamento dos últimos 12 meses.

CV – Percentual de comissão que será pago ao vendedor.

L – Esse é o percentual de lucro líquido que você quer quando esse produto for vendido. Esse valor é exclusivo para sua empresa, pois aqui você deve considerar o seu capital investido e o retorno do seu investimento de forma geral. Lembre-se que o seu pró-labore já foi colocado lá no CG, e para que a vida financeira da sua empresa seja saudável o lucro apurado aqui pode ser reinvestido na empresa ou até formar um caixa para compras de mercadorias à vista, te dando um poder de negociação com fornecedores e garantindo descontos.

Formação de preço de venda de produtos

Formando um PV (preço de venda) com base nos valores

PV = PC / (1-((GF + CV + I + L)/100)

Onde:

PC = R$ 10,00

GF = 15,20%

CV = 2%

I = 5%

L= 10%

Então:

PV = 10,00 / (1 – ((15,20 + 2 + 5 + 10) / 100)

PV = 10,00 / (1 – (32,20 / 100)

PV = 10,00 / (1 – 0,3220)

PV = 10,00 / 0,6780

PV = 14,75

Desta forma chegamos ao valor de venda, com base nos gastos, impostos e lucro líquido pretendido de R$ 14,75.

Tirando a prova:

PV = 14,75

PC = R$ 10,00

GF = 14,75 * 15,20% = R$ 2,24

CV = 14,75 * 2% = R$ 0,29

I = 14,75 * 5% = R$ 0,73

L = 14,75 * 10% = R$ 1,47

Apurando o CG (custo gerencial) do produto, que é o custo total do produto até ser vendido, sem o lucro líquido:

CG = PC + GF + CV + I

CG = 10,00 + 2,24 + 0,29 + 0,73

CG = 13,26

Se fizermos a seguinte conta, chegamos ao lucro líquido do produto:

L = PV – CG

L = 14,75 – 13,26

L = R$ 1,47

Ressaltamos que essas são contas básicas que podem ser realizadas para chegar na lucratividade líquida das operações de venda da sua empresa. Mas principalmente procuramos esclarecer dúvidas que muitos empresários e comerciantes têm na hora de realizar a formação de preço de venda dos seus produtos.

Como melhorar

Todos esses cálculos, tanto o SGC Standard quando o SGC Litos fazem de forma automática na hora de indicar o preço de venda dos produtos e te mostra em relatórios gerenciais na hora de apurar o resultado das vendas, entre em contato com nossa equipe de atendimento para conhecer essas ferramentas.

Sabemos que o mercado costuma ditar regras de preço de venda, mas no dia a dia é importante garantir que os preços praticados não estão colocando em risco a lucratividade da sua empresa e principalmente, saber onde você pode melhorar a gestão para ser mais competitivo.

Como sabemos, com base em cálculos, qual é o CG (custo gerencial), você pode buscar mais informações por meio de relatórios gerenciais, onde estão esses custos. Com informações sobre eles, pode trabalhar para reduzir custos e aumentar a lucratividade e até mesmo praticar preços mais competitivos.

* Deve-se considerar que nos cálculos apresentados estamos considerando o preço de venda a vista.

Solicite o contato dos nossos especialistas, agende uma demonstração e conheça nossas soluções e ferramentas de gestão para empresas.

Artigos Recentes